Todos os países da lusofonia
Advertisement

Cidades, Parques e Vales

PDF Imprimir e-mail
 Califórnia foi o produto de um sonho transformado em realidade...

O seu "despertar" teve início no já longínquo ano de 1542, quando um explorador português, João Rodrigues Cabrilho, ao serviço de Espanha, "ancorou" na acolhedora baía, mais tarde "baptizada" com o nome de San Diego.

Cabrilho foi o primeiro "branco" responsável pela descoberta desta encantadora parcela, ao sul da Califórnia. À sua memória deve-se a construção do "Cabrillo National Monument", em Point Loma sobranceiro à cidade de San Diego, e onde se ergue a estátua de Cabrilho oferecida pelo Governo português.

Àcerca deste "parque" o magazine SUNSET, publicado em Menlo Park (Califórnia) e com uma tiragem mensal deveras fenomenal, num dos seus variadíssimos "roteiros turísticos" em revista, fez a seguinte referência:
"Este monumento, embora pequeno, é no entanto um dos mais históricos e mais visitados monumentos dos Estados Unidos, ultrapassando até a própria Estátua da Liberdade".

A Califórnia permaneceu numa sonolência, tranquila e solitária, durante dois séculos até 1768, quando a Espanha tomou a iniciativa de dar expansão, realística e humana, a este sonho, promovendo uma expedição chefiada por Gaspar de Portolá, em cuja companhia seguia o missionário franciscano, Padre Junípero Serra.

E seguidamente, em 1769, estava já erguida a primeira Missão, denominada San Diego de Alcalá, à volta da qual se ramificou o primeiro povoado e "âncora" do domínio espanhol na Califórnia.

A aparente letargia, que geralmente acompanha o "despertar", foi subitamente sacudida pelos gritos OIRO! OIRO! quando, em 1848, oiro foi descoberto nas margens do South Fork do American River.

A esse tempo (1848), o domínio quer da Espanha quer do México sobre a Califórnia tinha-se desvanecido, uma vez que a Califórnia já fazia parte do território dos Estados Unidos, tornando-se em ESTADO em 1850, no auge da corrida ao oiro.

A elegante cidade de San Francisco agigantou-se, então, como centro financeiro p'ra todos esses "felizardos", que haviam adquirido as suas fabulosas fortunas nas minas de oiro. Esta "febre do oiro" contagiou, claro, a atenção mundial, e a Califórnia começou a ser literalmente invadida por emigrantes de todas as partidas do globo.

E, ultimamente, foram os sobreviventes e todos essoutros, que se radicaram por aqui, quer na aventura do oiro quer de preferência na garantia de um lugar permanente, quem deixou marcos indeléveis por toda a Califórnia, do Norte ao Sul.

A cidade de San Francisco considerada, consistentemente, uma das 10 mais favoritas cidades do mundo, exibe uma elegância deveras atractiva e sedutora, que parece fluturar nas ondulantes colinas, onde foi construída e ainda hoje repousa em nostalgia.

Foi em 1776 que militares e franciscanos, vindos da Espanha, estabeleceram um Presídio e Missão, que tomou o nome de San Francisco de Assis. Em 1906 ocorreu um violento terramoto e terrível incêndio, destruindo milhares de residências e causando a morte a centenas de habitantes. Mais recentemente, em 1989, teve lugar novo tremor de terra, ocasionando elevados prejuízos materiais, sobretudo na rede de estradas.

Certamente espelhando a diversidade de culturas e etnias, vendem-se correntemente em San Francisco cerca de cinquenta publicações em línguas estrangeiras.

João Rodrigues Cabrilho, (português ao serviço de Espanha), foi o primeiro europeu que "avistou" a Baía de Monterey em 1542. No entanto, devido ao estado alteroso do mar, não conseguiu lançar âncora e por o pé em terra. Coube ao espanhol, Sebastian Vizcaino, em 1602, atribuir à baía o nome de Monterey. No entanto, o povoamento só ocorreu em 1770, quando Gaspar de Portolá e o Padre Junípero Serra construiram, respectivamente, um Presídio (posto militar) e a Missão de San Carlos Borromeo del Rio Carmelo, popularmente mais conhecida por CARMEL MISSION, e onde se encontra sepultado o próprio Padre Serra.
Historicamente esta Missão havia sido fundada em Monterey em 1770, mas no ano seguinte foi transferida p'rà localidade chamada Carmel, visto encontrar-se junto do Rio Carmelo.

Embora, por vezes, ficámos "estonteados" à procura dum "faixa" de estacionamento p'ró automóvel, sobretudo na "baixa", vale bem a pena o tempo dispendido, pois que Carmel continua a ser uma autêntica vila, muito mimosa e acolhedora.

Pacific Grove é a cidade-vizinha de Monterey, devendo a sua fundação, em 1875, a um grupo religioso de Metodistas, e quando foi oficialmente integrada como cidade, em 1889, as leis municipais eram por demais rigorosas em tudo o que se relacionava com danças, bebidas alcoólicas e... tomar banho em público!

No Vale de Salinas, além da cidade do mesmo nome, onde nasceu o novelista John Steinbeck (1902-1968), distinguido em vida com os Prémios Nobel e Pulitzer, podemos visitar uma "trindade" de missões franciscanas, a saber:

San Juan Bautista, fundada em 1797 pelo Padre Fermin Lasuen, com a ajuda de dois "confrades"... E digo isto com toda a sinceridade, pois que tanto o Padre Felipe del Arroyo, como o Padre Estevan Tapis, eram frades franciscanos. O primeiro era um autêntico poliglota, ou melhor, um linguista genial que pregava aos índios em sete dialectos, e até leccionou aos mesmos as obras de Platão e Cícero. Por seu turno, o segundo era um músico "fora da série", usando um método extraordinário nas suas "aulas de música", conseguindo formar grupos corais e orfeões, que os índios mantiveram por dezenas d'anos. Nuestra Señora de la Soledad, igualmente fundada pelo Padre Fermin Lasuen em 1791, é consequentemente anterior à Missão acima mencionada. Curioso o facto das cidades San Juan Bautista e Soledad terem derivado os respectivos nomes das missões titulares.

San António de Pádua antecede, em "idade", as suas congéneres do Vale de Salinas, visto ter sido estabelecida pelo Padre Junípero Serra em 1771.

Aqui voltarei, brevemente, com nova "excursão" por cidades, parques e vales, da Califórnia.
Até lá, esta quadra de António Aleixo:
"Este mundo só virá a ser
Melhor do que até aqui
Quando consigas fazer
Mais pelos outros que por ti."


Pe. José A. Ferreira
San Leandro, Califórnia
Acrescentar como Favorito (174) | Refira este artigo no seu site | Visualizações: 2108

Seja o primeiro a comentar este artigo
Coemntários RSS

Só utilizadores registados podem escrever comentários.
Por favor faça o login ou registe-se.

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >

Investir em Portugal Investimentos em Portugal
Aconselhamento e apoio ao investimento estrangeiro em Portugal



 
Stromanbieter Im Strompreisver | Autogasteile | Mild Seven | Http://advokatoslo.org/ | Sprecher Mit Eigenem Studio Buchen | cheap car hire