Todos os países da lusofonia

Galeria Lusófona

Arte Lusófona
Literatura Lusófona
Sabores Lusófonos
Advertisement

Blogs Recomendados

Alto Hama
Pululu
Malambas

Legado Português

Portugal no Mundo
Brasil 500 anos

Empresas Destaque

Horas Lusófonas

Advertisement

The next big thing

PDF Imprimir e-mail

Esperei anos por este momento em que me atropelaria a mim próprio em busca da glória de descobrir, antes de todos os outros, a próxima grande coisa do futebol português.

 

Eu não sou crítico. Nem de música, nem de literatura – nem sequer de futebol. Mas, como os críticos literários se atropelam pela glória de descobrir a “próxima grande coisa” da literatura, também a mim me deu agora para essa coisa mundana de ser reconhecido – e decidi ser reconhecido, à falta de melhor, como o descobridor da próxima grande coisa do futebol. Já tive momentos altos nessa caminhada. Escolhi o Zahovic para a minha Liga Fantástica com base numa simples incursão pela esquerda, ainda ele era suplente no Guimarães. Dediquei a Derlei adjectivos redondos por causa de uma mera assistência à meia volta, ainda ele não passava de um tosco no Leiria. Mesmo assim continuei à espera – esperei anos por este momento em que me atropelaria a mim próprio em busca da glória de descobrir, antes de todos os outros, o maior jogador do futebol português. Hoje estou preparado. Seguro. Um pouco altivo, até. Aprendi com Spielberg: não te ponhas a prever o futuro porque podes não ter como evitar que ele se torne realidade. E, para que se torne realidade, eis o anúncio que me glorificará como o crítico que até hoje recusara ser: a próxima grande coisa do futebol português é Carlos Martins. Não é Cristiano Ronaldo, é Carlos Martins.

Não quero exagerar. Talvez Carlos Martins nunca venha a ser como Baggio, talvez nem chegue sequer à magia de Zidane – e Maradona jamais será, com certeza. Mas aquele passe que ele fez ao Cristiano Ronaldo, no lance que deu ao Sporting a vitória no Bessa, aquele passe em que ele guarda a bola até ao limite e desconjunta dois adversários com um alongamento de espinha e mata a bola devagarinho para o colega na cara do golo, aquele momento mágico em que nenhum defesa pode prever o movimento do lance, em que nenhum guarda-redes pode saltar a tempo da baliza e nenhum fiscal de linha pode levantar a bandeira do fora-de-jogo por tão cabalmente tratar-se de um passe de génio e de lei – esse é o meu passe e o meu jogador e o meu momento de proclamar a descoberta da next big thing do futebol nacional. Sei-o porque, durante estes anos em que esperei pelo momento de exclamar: “Cá está ele!”, estive várias vezes à beira de precipitar-me. Atenção: eu vi nascer o Dani e o Simão, li escaparates com o Hugo Leal e o Boa-Morte, sonhei com o Hugo Viana e o Quaresma – e como muitos outros estive à beira de encher as goelas e exclamar: “Cá está ele!” Felizmente, calei-me. Agora chegou a minha vez. E, porque chegou a minha vez, insisto no anúncio que me glorificará como crítico: a próxima grande coisa do futebol português é Carlos Martins.

E se alguém quiser esmagar-me com o nome de Figo – se alguém quiser esmagar-me com o nome e o dinheiro e a namorada do Figo – eu direi apenas: Figo errava. Aos 20 anos, Figo errava muito. Nós defendíamo-lo: Figo erra porque o seu futebol é adulto de mais para os colegas e ninguém o compreende. Mas errar é fácil – é como aqueles actores que fazem de deficientes e, a certa altura, tanto nos dá que se babem para a esquerda como para a direita: são sempre deficientes. A Carlos Martins, nunca o vi errar. Vi-o perder a ganhar bolas, vi-o chutar à baliza e por cima da barra, vi-o ajudar os colegas da defesa e ficar-se nas covas – mas errar, errar mesmo um daqueles erros que nunca mais esquecemos, nunca vi. E porque é verdade, e para que conste, eis o anúncio que me glorificará como crítico: a próxima grande coisa do futebol português é Carlos Martins. Foi ele que fez o passe.

 

Joel Neto

 

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
Advertisement

Investir em Portugal Investimentos em Portugal
Aconselhamento e apoio ao investimento estrangeiro em Portugal



Advertisement

Comunicados

António Marinho e Pinto - Mudar Portugal

Ler mais...

Broa de Avintes - não tem asas nem sabe voar

Ler mais...
Please login to Automatic Backlinks and activate this site.
 
| cheap car hire