Todos os países da lusofonia

Galeria Lusófona

Arte Lusófona
Literatura Lusófona
Sabores Lusófonos
Advertisement

Blogs Recomendados

Alto Hama
Pululu
Malambas

Legado Português

Portugal no Mundo
Brasil 500 anos

Empresas Destaque

Horas Lusófonas

Advertisement

Obrigado comandante do porta-aviões

PDF Imprimir e-mail
Escrito por Orlando Castro   
31-Mar-2008

O António Ribeiro é o «maluco» que aguenta o barco que dá pelo nome de
Notícias Lusófonas, bem como este porta-aviões chamado Portugal em Linha,
e que há muito, muito tempo, dá luz ao mundo, cada vez mais opaco, da
Lusofonia.

 

Como escreveu o maior dos maiores (Luís de Camões) «De África tem
marítimos assentos/É na Ásia mais que todas soberana/Na quarta parte nova
os campos ar/E se mais mundo houvera, lá chegara!».

Pena é que os ilustres protagonistas dos areópagos políticos da Comunidade
de Países de Língua Portuguesa (CPLP) não queiram ver o contributo ímpar
que o António Ribeiro tem dado, e continua a dar, à Lusofonia.

O Portugal em Linha aparece agora com outra cara mas, é claro, com a mesma
determinação de sempre e com uma legitimidade impar. Os seus leitores (tal
como acontece com o Notícias Lusófonas) estão atentos e sabem distinguir o
trigo do joio. Isso nem sempre acontece com os poderes instituídos que
baralham tudo mas, creio, lá virá o tempo em a Lusofonia (ou, pelo menos,
Portugal) compreenderá a diferença entre os que dizem que fazem e os que
fazem.

Sempre animado da sua velha (mais sempre nova) paixão pela Lusofonia, o
António Ribeiro resolveu renovar o Portugal em Linha e continuar a dar  -
uma vez mais - uma lição (e que lição, meu caro António) a todos aqueles
que, quantas vezes mesmo ao nosso lado, são os primeiros a deitar a carta
para Garcia na primeira valeta que encontram.

Tenho a honra e o privilégio de ter entrado para o porta-aviões Portugal
em Linha com ele já a navegar na rota de dar novos mundos ao Mundo, bem
como de integrar desde o estaleiro o Notícias Lusófonas.

Nesta nova fase do Portugal em Linha não poderia deixar de prestar a minha
homenagem ao comandante António Ribeiro, convicto de que muitos milhões de
lusófonos pensam como eu.

Por isso, meu caro, é da mais elementar justiça dizer aqui e agora o que
noutros espaços não me canso de afirmar: Obrigado António.


Orlando Castro

 


Acrescentar como Favorito (406) | Refira este artigo no seu site | Visualizações: 2951

Seja o primeiro a comentar este artigo
Coemntários RSS

Só utilizadores registados podem escrever comentários.
Por favor faça o login ou registe-se.

 
< Artigo anterior

Investir em Portugal Investimentos em Portugal
Aconselhamento e apoio ao investimento estrangeiro em Portugal



Auto Rent Algarve
Advertisement
Advertisement

Comunicados

António Marinho e Pinto - Mudar Portugal

Ler mais...

Broa de Avintes - não tem asas nem sabe voar

Ler mais...
Please login to Automatic Backlinks and activate this site.
 
| cheap car hire