Todos os países da lusofonia
Advertisement

Esta noite no meu bairro

PDF Imprimir e-mail

1

No meu bairro antigo

das escuras e estreitas vielas,

com sons e cheiros próprios,

vai alta a noite.

Resta o silencio.

Ao longe no outro lado do Tejo,

luzes,

muitas luzes,

amalgamadas,

em cima umas das outras.

2

Apesar do escuro

nesta noite de Março

o céu liso

está estrelado.

Sabe bem o frio.

3

No fundo do Beco da Eira

um cão ladra.

Dos lados do Convento do Salvador

outro responde,

parecendo acenderem-se ecos

de outras vidas.

4

Lá no alto,

às Portas do Sol,

São Vicente,

o Padroeiro,

de costas para o alvorecer,

parece estar de atalaia.

5

Chilreia a passarinhada

alheia ao meu deambular.

6

Repentinamente,

como um ser estranho

quebrando definitivamente a magia,

sacolejando e guinchando,

surge do estreito das Escolas Gerais

o primeiro “amarelo” do dia.

Nele quatro figuras de caras fechadas,

cogitabundas.

7

Acabou-se o silencio,

vai nascendo o dia.

8

Esfumou-se o sortilégio.

Talvez seja hoje que algo muda

e o sonho ressurge !?...

Talvez seja hoje que a coragem renasce !?...

Vá-se lá saber !?...

 

Luís Jordão

Lisboa / 3 de Março de 2008


Acrescentar como Favorito (275) | Refira este artigo no seu site | Visualizações: 3054

Seja o primeiro a comentar este artigo
Coemntários RSS

Só utilizadores registados podem escrever comentários.
Por favor faça o login ou registe-se.

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
Advertisement

Investir em Portugal Investimentos em Portugal
Aconselhamento e apoio ao investimento estrangeiro em Portugal



 
| cheap car hire