Todos os países da lusofonia
Advertisement

A Arca no Corcovado

PDF Imprimir e-mail

O quarto livro de Gênesis que Machado de Assis não publicou **

1. - Pouca gente sabe mas a arca de Noé fez uma escala no Rio de Janeiro antes de encalhar definitivamente em terra firme; ancorada perto do Corcovado quase totalmente inundado, a arca quase traçou um destino trágico para a sua tripulação.

2. - Vendo Noé a possibilidade de atracar na cidade maravilhosa ficou muito eufórico e começou a fazer planos caso o fato se consumasse; chamou seus filhos e numa reunião banhada de vinho e muita alegria surgiram muitas idéias para empreendimentos no Brasil.

3. - Jafé muito detalhista pensou em investir em uma escola de samba, sonhou ser o carnavalesco de todas as alas, viu sua mulher como destaque na avenida estilo mulata globeleza, sua mãe graciosa com muito samba no pé completando a ala das baianas, realmente foi um momento de muita fantasia na cabeça daquele filho de Noé, chegando a dar um tema para o desfile: “Salvem os Animais” e ouvindo os intermináveis aplausos da galera chegou a imaginar a nota dez e o troféu de campeão.

4. - Já o seu irmão Sem, com aquele espírito esportivo, acostumado a disputar corrida com avestruz e jogar melancia ou coco nas peladinhas na terra de Ur dos Caldeus, imaginou o Maracanã lotado, e todos gritando o seu nome, artilheiro do campeonato brasileiro e apontado como titular certo na seleção brasileira na próxima copa do mundo, realmente como estava bem próximo aquela realização de Sem, era só esperar a água baixar para que ele saísse da arca direto para o treino.

5. - Mas Cam o outro filho de Caim, ficou na dele, esperou seu pai contar o que faria caso a arca confirmasse seu destino na América do Sul, e Noé bastante motivado com essa grande possibilidade discursou:

6. – “Meus filhos amados, tenho sido um servo fiel do Senhor e por isso fui escolhido para essa missão, acho que parando por aqui a nossa jornada, farei aquilo que mais sei na minha vida, e vou ensinar aos brasileiros a arte milenar do (jogo do bicho) afinal é minha grande especialidade agrupar bichos do primeiro ao quinto premio, vou numerá-los para facilitar as apostas e com isso construirei um império jamais visto nas bandas do atlântico”.

7. - Cam coçou a cabeça e com um ar de deboche para com o velho exclamou:

“Pai não seja quadrado esse negócio de jogo do bicho ta fora de moda, olha uma idéia melhor, porque o senhor não aproveita a arca vazia e monta um bingo, já que os cassinos por aqui são proibidos”.

8. – “Imagina todos aqueles aposentados depositando os seus benefícios da previdência no cofre do seu bingo, e aqueles viciados em jogos de azar fazendo empréstimos com agiotas para lhe entregar facilmente, veja que assim o seu império poderá ser mais forte e com retorno mais rápido, afinal de contas o senhor já tem seiscentos anos e tem que correr para aproveitar”.

9. - Depois de mais e mais taças de vinho eles adormeceram com os seus sonhos, e foi aí que sonharam de verdade, cada qual no seu tema, ou mais ou menos dentro daquilo que pronunciaram acordados.

10. - Jafé além do carnaval queria também organizar a festa da virada do ano, seu negócio era mesmo agradar as pessoas, principalmente os turistas; sonhou em ter uma rede de hotéis e não faltou no sonho a rede de motéis para os clientes do calçadão de Copacabana;

11. - Jafé imaginava o Rio como a ilha da fantasia, onde todos realizariam seus mais íntimos e calorosos desejos, faria da cidade uma Babilônia colorida e cheia de encantamentos das mil e uma noites de Bagda; e para incrementar a estrutura turística, sonhou com uma filial da Disney e queria a todo o custo comprar a Torre Eifel e a Estatua da Liberdade para se juntar ao Cristo redentor formando assim a tríplice maravilha de todos os tempos;

12. - Jafé sonhava com alegria, diversão e vida por isso dispensou as Pirâmides do Egito, pois passavam a imagem fúnebre dos sarcófagos enrolados e das múmias embalsamadas, ele queria ver mesmo é todo mundo com pouca roupa para aproveitar o calor maravilhoso dessa cidade.

13. – Sem, o filho mais critico de Noé roncava muito naquela madrugada, mas não deixou de sonhar com seu milésimo gol, ainda com seus cento vinte e dois anos, pois o objetivo era chegar aos dois mil antes dos cento e trinta;

14. - Sem era mais comedido do que Jafé, queria apenas ser o atleta de todos os séculos e uma estatua sua em cada estádio de futebol, só os profissionais;

15. - Queria que fosse Lei para todas as academias a descrição do seu nome em aramaico, hebraico e grego em todos os aparelhos de ginástica, pois entendia que sem ele não existiria educação física.

16. - Nas Copas do Mundo e nas Olimpíadas deveriam reverenciá-lo antes de todos os jogos com aquele tradicional minuto de silêncio, só que no seu caso seria um minuto de aplausos para o deus do esporte;

17. - Como um gato tem sete vidas, e Sem teria uma forma física invejada por todos os esportistas, se sentia um verdadeiro atleta de três corações, por isso reinvidicou das autoridades cariocas que o Cristo redentor fizesse outros movimentos além de só abrir os braços.

18. - Noé o mais sonhador da família, foi muito tímido no seu sonho naquela noite, talvez tivesse ficado frustrado com a exortação de Cam em relação ao jogo do bicho e também por ter lembrado dos seus seiscentos anos de idade;

19. - Então Noé pensou em se aposentar e mudar para Búzios, onde construiria uma pousada simples apenas para receber os amigos de Hollywood; ele não queria estatuas com seu nome, desistiu do império da jogatina, não mais queria luxos e nem profecias, apenas uma varinha para pescar e nas férias escolares sonhou com seus netinhos brincando de castelos de areia na Praia da ferradura.

20. - Cam aproveitando que no sonho do seu pai não constava mais à contravenção dos jogos de azar, viu um caminho livre para seus projetos pessoais que então foram revelados.

21. - Cam imaginava nos morros cariocas um exército de meninos armados com metralhadoras desafiando as autoridades e comercializando drogas de todos os tipos; em cada esquina uma banca de jogo do bicho, não daria tanto lucro mas faria a ligação do morro com a rua; bingos espalhados por toda Zona Sul para atender os aposentados, os viciados e também os turistas do seu irmão Jafé;

22. - Cam também sonhou naquele dia que a capital do Brasil tinha voltado pro Rio e com a administração voltaram também os políticos e as maracutaias  desses cidadãos, e Cam ficou feliz, pois com a bancada mais perto, os favores estariam mais disponíveis, e a corrupção era um trunfo no seu esquema.

23. - Cam sonharia ainda um pouco mais, se não fosse o forte balanço da arca que retornara ao movimento das águas;

24. - Todos acordaram assustados, os animais inquietos, as mulheres preocupadas e Noé tentando entender o que tinha acontecido, abriu a janelinha e viu que voltara a chover forte e a arca se deslocava para outra direção.

25. - Naquele momento ao receber a noticia os filhos de Noé viram os seus sonhos por água abaixo, e era visível o abatimento da turma, mas Noé um líder de muitas lutas tratou logo de reanimar o pessoal, pegou a bússola para confirmar a nova direção, e com um grito de comandante encorajou:

26. – “África a vista!!!”

 

 

** Uma alusão ao capítulo: “Na arca” do livro Papeis Avulsos de Machado de Assis.

Emerson Roque

Rua Alfredo Batista de Melo, 134 - São Judas Tadeu

Itaúna - Minas Gerais – Brasil - CEP 35681 163

Fone 37  3242 5232 – 3242 3985

Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o JavaScript terá de estar activado para que possa visualizar o endereço de e-mail

 


Acrescentar como Favorito (450) | Refira este artigo no seu site | Visualizações: 4611

Seja o primeiro a comentar este artigo
Coemntários RSS

Só utilizadores registados podem escrever comentários.
Por favor faça o login ou registe-se.

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >

Investir em Portugal Investimentos em Portugal
Aconselhamento e apoio ao investimento estrangeiro em Portugal



 
P90x | Mp3 | Http://Husbanken.Biz/ | Regrow Hair | Flyttebil Oslo | cheap car hire