Todos os países da lusofonia

Galeria Lusófona

Arte Lusófona
Literatura Lusófona
Sabores Lusófonos
Advertisement

Blogs Recomendados

Alto Hama
Pululu
Malambas

Legado Português

Portugal no Mundo
Brasil 500 anos

Empresas Destaque

Horas Lusófonas

Advertisement

O Dia da Língua Portuguesa

PDF Imprimir e-mail

Passou no passado dia 5 de Maio mais um Dia da Língua Portuguesa.
Passou, e para não variar com o estrondo habitual: mudos e quedos para não fazerem ondas…

 

Preocupam-se, uns quantos em fazer circular uma petição anti-Acordo Ortográfico, com a legitimidade que se lhes reconhece mas com a oportunidade pouco aceitável, - não esquecer que este Acordo é um complemento (leia-se reforço) ao de 199x assinado e aceite por alguns dos principais signatários da actual Petição anti-Acordo - e pouco ou nada se preocuparam - pelo menos nada lhes ouvi e nada lhes li (talvez que o meu computador e os jornais lidos tivesse bloqueado o meu acesso… - com o estudo que a Língua portuguesa merece ou deveria merecer mais.

Dirão os leitores. Se estás tão preocupado com a Língua e o seu Dia porque nada escreveste na altura.

Pelas razões acima meio descritas. Esperar para ver reacções e eventuais comentários, deixando espaço temporal para uma meditação e análise do escrito.

Só que limito-me a meditar porque nada pude - consegui - ler.

E facto que me mereceu mais impacto, e no "ciberespaço", foi o que aconteceu na UNESCO onde o Dia da Língua Portuguesa foi comemorado com um debate, uma exposição fotográfica e música… em 2007!

Ou será que o "esquecimento", pelo menos da parte lusa, se deve à "brasilização política" da Língua - na Lusitânia ainda devem estar a deglutir a futura instalação do Instituto de Estudos Brasileiros, na cidade de Bissau e da Universidade da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) -, segundo o seus detractores, que decidiu instituir o 5 de Novembro como o "Dia Nacional da Língua Portuguesa" em homenagem a Rui Barbosa, um grande defensor da Língua e grande académico brasileiro.

Se nos relembrarmos que é no Brasil que está sedeado o único - ÚNICO - Museu da Língua Portuguesa e recentemente distinguido pela UNESCO, então poderá ser que tudo esteja dito.

E, já agora, porque não recordar um excelente artigo no portal noticioso cabo-verdiano Liberal-Online, de Julho de 2006, onde questionava a necessidade que cada Pais ter um Dia Nacional e não harmonizar, de vez, essa data?

O portal cabo-verdiano recordava que até há pouco o 10 de Junho além de ser o Dia de Portugal, era-o, também, o de Camões e da Língua Portuguesa, comummente aceite não só em Portugal como nos Palopianos (e aqui um parênteses para celebrar uma ideia recentemente lida, e de cujo autor, honesta e sinceramente, não me recordo, que propôs a extensão de PALOP para todos os Países lusófonos, chamando-se de ora avante aos PALOP - Países Afro-Americano-Asiáticos de Língua Oficial Portuguesa; uma ideia interessante a ponderar).

Realmente, verificamos que a Língua portuguesa é cada vez mais dignificada fora do seu circuito natural; exemplos claros vamos encontrar na Galiza, Macau, Guiné-Equatorial e, pasme-se, na Venezuela e na China.

Eugénio Costa Almeida 

7/Maio/2008
Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o JavaScript terá de estar activado para que possa visualizar o endereço de e-mail
http://elcalmeida.net


Acrescentar como Favorito (431) | Refira este artigo no seu site | Visualizações: 3858

Seja o primeiro a comentar este artigo
Coemntários RSS

Só utilizadores registados podem escrever comentários.
Por favor faça o login ou registe-se.

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
Advertisement

Investir em Portugal Investimentos em Portugal
Aconselhamento e apoio ao investimento estrangeiro em Portugal



campervan-motorhome-rental.jpg
Advertisement

Comunicados

António Marinho e Pinto - Mudar Portugal

Ler mais...

Broa de Avintes - não tem asas nem sabe voar

Ler mais...
 
Gps Driving Cairo | Ventanas Para Tejado | Janelas De Telhado | Si Opp Ansatt | Bodentreppe | cheap car hire