Todos os países da lusofonia

Galeria Lusófona

Arte Lusófona
Literatura Lusófona
Sabores Lusófonos
Advertisement

Blogs Recomendados

Alto Hama
Pululu
Malambas

Legado Português

Portugal no Mundo
Brasil 500 anos

Empresas Destaque

Horas Lusófonas

CRÍTICA AO TEXTO CURRÍCULO E DESENVOLVIMENTO HUMANO DE ELVIRA SOUZA LIMA

PDF Imprimir e-mail
Ao analisarmos o texto de Elvira Souza Lima, devidamente intitulado de Currículo e Desenvolvimento Humano, percebemos que desde os primórdios, a Humanidade se viu diante de uma dura realidade, isto é, a garantia de sua sobrevivência. Nesse pressuposto, os fatores culturais foram fundamentais para a perpetuação de doutrinas e saberes, indispensáveis, no entanto, na longa e milenar caminhada sócio-cognitiva.Desse modo, as absorções de ensinamentos caracterizaram-se como “peças-chave” de um emaranhado quesito evolutivo. No qual, prevaleceu à compreensão dos “mais fortes” cognitivamente, ou dos mais coercivos. Uma vez que, as “atividades são produtos do desenvolvimento cultural da espécie e precisam ser passadas de geração para geração.” (LIMA, 2010, p. 52)E nessa troca de experiências entre indivíduos de uma determinada cultura, o “passar dos tempos” tornou-se mais significativo, considerando o fato de que ambos adquiriram interações entre si. Num pleno e enriquecido contexto antropológico. Nessa mesma perspectiva, vemos que “as vivências na escola e fora dela são constituídas por ações e interações que configuram, todas elas, o desenvolvimento da criança.” (LIMA, 2010, 48)Com isso, a Escola surge numa perspectiva sistemática, com a função determinante de reorganização social. Propiciando, no entanto, a evolução sócio-cognitiva dos indivíduos, “oportunizando-lhes” melhores condições de vida, ao menos é que se pretende, tendo em vista esse não cumprimento na sua totalidade.Nesse pressuposto, a padronização curricular no Ensino, tem garantindo uma pseudo-organização sistemática, considerando que ao passo que nos organizamos para enquadrar indivíduos, outros por sua vez, serão excluídos devido ao enquadramento dos demais citados.Diante desta problemática, só nos resta contar com a possibilidade de elaborarmos um currículo “antimarginalizante”, que consistiria numa Educação voltada a todos. Não somente tendo um Ensino caracterizado por moldar indivíduos para atender as necessidades de um Mercado cada vez mais excludente e opressor.Assim, a revisão de nossas práticas enquanto profissionais do Ensino, seria a de propor melhores expectativas de aprendizagem aos nossos educandos. Considerando a necessidade de: “respeito à autonomia, à dignidade e à identidade do educando e, na prática, procurar a coerência com este saber, me leva inapelavelmente à criação de algumas virtudes ou qualidades sem as quais aquele saber vira inautêntico, palavreado vazio e inoperante” (FREIRE, 2007, p. 62).          Assim, devemos não somente de fato, expormos ou transmitirmos conteúdos, mas acima de tudo respeitar a individualidade e a necessidade de cada indivíduo rumo as suas possibilidades de superação, em relação ao diversificado e complexo contexto vigente.Contudo, somos cientes de que meras palavras ou argumentos jamais serão suficientes, se porventura, não partirmos de uma ação interno-reflexiva. Considerando que a mudança ou suas possibilidades de consumação, encontra-se internamente em cada um de nós, considerando que a busca pela auto-reflexão, por si mesma, é capaz de nos propor o pleno reconhecimento a respeito de nossas falhas ou êxitos em prol de significativas melhorias. Portanto, somos agentes de nossa própria definição, e com isso, passamos a ser responsáveis pelas desejadas e possivelmente alcançáveis transformações positivas.  REFERÊNCIA FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia. 36ª ed. São Paulo: Paz e Terra, 2007. 148 p. LIMA, Elvira Souza. Currículo e Desenvolvimento Humano. Apostila do 7º Período de Pedagogia. Disciplina de Currículos e Programas. Imperatriz, MA: Faculdade de Imperatriz. 2010. p. 31–68.
Acrescentar como Favorito (600) | Refira este artigo no seu site | Visualizações: 5682

Seja o primeiro a comentar este artigo
Coemntários RSS

Só utilizadores registados podem escrever comentários.
Por favor faça o login ou registe-se.

 
Artigo seguinte >
Advertisement

Investir em Portugal Investimentos em Portugal
Aconselhamento e apoio ao investimento estrangeiro em Portugal



Advertisement
Advertisement

Comunicados

António Marinho e Pinto - Mudar Portugal

Ler mais...

Broa de Avintes - não tem asas nem sabe voar

Ler mais...
Please login to Automatic Backlinks and activate this site.
 
| cheap car hire