Todos os países da lusofonia

Galeria Lusófona

Arte Lusófona
Literatura Lusófona
Sabores Lusófonos
Advertisement

Blogs Recomendados

Alto Hama
Pululu
Malambas

Legado Português

Portugal no Mundo
Brasil 500 anos

Empresas Destaque

Horas Lusófonas

Advertisement

Lusofonias 2011 Olivença

PDF Imprimir e-mail

alem-guadiana.jpgOlivença acolhe as “Lusofonias 2011”

Associação Além Guadiana
Antigo Largo de Sto. António, 13
E-06100 Olivença

 

Olivença acolhe as “Lusofonias 2011” O cantor e compositor Luis Pastor será o “padroeiro” deste espaço cultural Nos próximos dias 28 e 29 de maio celebrar-se-á em Olivença a segunda edição das “Lusofonías”, espaço dedicado à cultura dos países de herança linguística e cultural portuguesa. Organizado pela associação cultural “Além Guadiana” com a colaboração da Câmara Municipal de Olivença e da Deputação de Badajoz, terá lugar no Passeio Grande e contará com atividades de teatro, música, literatura e animação de rua, entre outras, que serão desenvolvidas durante ambos os dias desde a manhã até a meia-noite.

Paralelamente, e aberta de forma ininterrupta, haverá una zona com expositores institucionais, artesanato com trabalhos in situ e produtos gastronómicos da Lusofonia.

A inauguração será pelas 12:00 h de sábado, após a qual um desfile dos Gigantes e Cabeçudos de Évora animará as ruas de Olivença. A seguir começará a Leitura Pública Contínua em Português, na qual poderão participar livremente oliventinos e visitantes de todas as idades lendo ou recitando na língua de Camões.

À tarde, teatro para crianças com a obra com ares africanos “Contos da Guiné”, da associação Do Imaginário; encerrará a noite um concerto de Luis Pastor, que principiará pelas 23:00 h.

Domingo, ao meio-dia, deleitar-nos-emos com a música e os bailes do rancho folclórico de Macieira da Lixa nas ruas do centro, e pelas 21:30 o concerto “O canto dos poetas” passará pelas músicas populares lusófonas, desde o fado lisboeta até a morna cabo-verdiana. Em ambos os dias caberão atividades infantis participativas, como artes plásticas, canções e dramatizações interpretadas pelos alunos de português da escola Francisco Ortiz, bem como a exposição permanente de fotografia “O meu olhar sobre a Olivença portuguesa” de Jesús Valerio.

Para além disso, no Espacio para a Creación Joven projetar-se-ão documentários lusófonos sobre temas tão diversos como Angola e Moçambique, Humberto Delgado, a Aldeia da Luz ou as falas fronteiriças galego-portuguesas.

Como atividade paralela, os bares e restaurantes do centro de Olivença oferecerão nesses dias petiscos de origem portuguesa.

Entre as novidades desta edição encontra-se a figura do “padroeiro”, pessoa ou entidade destacada pela promoção da cultura lusófona, que neste ano foi outorgada a Luis Pastor, cujo trabalho de poemas musicados de Saramago “Nesta esquina do tempo” exemplifica a sua paixão cultural pelo país vizinho.

 

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
Advertisement
Advertisement
Advertisement

Comunicados

António Marinho e Pinto - Mudar Portugal

Ler mais...

Broa de Avintes - não tem asas nem sabe voar

Ler mais...
Please login to Automatic Backlinks and activate this site.
 
Diy Plumbing Questions | Outsource Seo | cheap car hire