Todos os países da lusofonia

Galeria Lusófona

Arte Lusófona
Literatura Lusófona
Sabores Lusófonos
Advertisement

Blogs Recomendados

Alto Hama
Pululu
Malambas

Legado Português

Portugal no Mundo
Brasil 500 anos

Empresas Destaque

Horas Lusófonas

Advertisement

À MESA DE JANTAR

PDF Imprimir e-mail

Sentadasozinha à mesa de jantar, ela pensa como o tempo passa rápido e em determinadascircunstâncias é que acordamos para a vida. Ela está sozinha, sentada com oprato em sua frente, mas não quer comer nada, brinca com a comida. Só isso quequer fazer no momento: brincar com a comida.

Seusfilhos agora já crescidos preferem fazer alguma coisa na hora do jantar, ouseja, sair, terminar um trabalho para escola e outras coisas que fazem em seusquartos que são impedidos de jantarem com sua mãe.

Seumarido avisou que chegaria tarde. Coisas do trabalho.

Estásozinha à mesa mas não está só na casa. Não tem importância, tantas vezes fezquestão de dizer que gostaria de ficar só e só está.

Sentadaà mesa lembra do tempo de criança em casa de seus avós. Seu avó, um poucocarrancudo, não admitia que se sentasse à mesa sem lavar as mãos, deixar comidano prato e levantar antes dele.

“Eradureza ficar sentada olhando para o prato enquanto meu avô comia calmamente.Nossos corpos agitados para sair correndo atrás de alguma brincadeira enquantoainda tinha um pouquinho de claridade, mas não dava. Meu avô nos impedia. Nãoprecisava falar. A sua presença era um grito que nos assustava.”

Elalembrava desses momentos e fica pensado porque não agiu assim com seus filhos.“Por que não sou um pouco mais rigorosa, por que não exijo que estejampresentes?” Essa pergunta é fácil de responder: porque ela não gosta de amarrase qual seria o sentido de exigir alguma coisa de alguém?

Suaânsia pela liberdade de pensamento, de viver, de sentir, de falar a tornamexemplo, e como exemplo tem que acatar as decisões alheias. Afinal não é arebelde? A que gosta de transgredir as regras sociais? A antisocial?Fica agorasozinha com seus pensamentos diante do prato cuja comida esfria.

Esfriaa comida, esfria seu coração, fraqueja a sua alma.


Acrescentar como Favorito (332) | Refira este artigo no seu site | Visualizações: 2196

Seja o primeiro a comentar este artigo
Coemntários RSS

Só utilizadores registados podem escrever comentários.
Por favor faça o login ou registe-se.

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
Advertisement

Investir em Portugal Investimentos em Portugal
Aconselhamento e apoio ao investimento estrangeiro em Portugal



Advertisement
Advertisement

Comunicados

António Marinho e Pinto - Mudar Portugal

Ler mais...

Broa de Avintes - não tem asas nem sabe voar

Ler mais...
Please login to Automatic Backlinks and activate this site.
 
| cheap car hire