Todos os países da lusofonia

Galeria Lusófona

Arte Lusófona
Literatura Lusófona
Sabores Lusófonos
Advertisement

Blogs Recomendados

Alto Hama
Pululu
Malambas

Legado Português

Portugal no Mundo
Brasil 500 anos

Empresas Destaque

Horas Lusófonas

Advertisement

IGNORÂNCIA RELIGIOSA

PDF Imprimir e-mail
  Ao declinar de tépida tarde de Estio, em anos de juventude, entrei em “ O Comércio do Porto”, a entregar ao Sr. Manuel Filipe, fotografias para a “ Reportagem Gráfica”.

Encaminharam-me a exígua salinha, de altas paredes, com janela para saguão, onde havia, pesada mesa de pé de galo, de madeira maciça, e sólidas cadeiras, também de madeira.

Ao sair, perpassei por varandim, onde dois gentis sujeitos, galhofavam animadamente, comentando, entre frouxos risos, o facto de certo jornalista, ateu confesso, ser indicado a cobrir cerimónia religiosa.

Lembrei-me da caricata cena, hoje, estando a ler o “ Jornal de Notícias”, da cidade do Porto, na confeitaria onde costumo merendar, ao deparar a seguinte informação:

Cátia Palhinha é evangélica e lê o Bíblia em casa.

A auxiliar de acção médica e a mãe tornaram-se evangélicas há cerca de um ano. A mãe da algarvia diz que a filha “ tem muita fé”

Cátia trocou há um ano a fé cristã pela evangélica (….)

“JN”, pág.31-07/12/2011

Estava a comentar, em alta voz, a notícia, quando senhora, envolta em falso casaco de peles e dedos cobertos de anéis, tão falsos como o casaco e os brincos, esclareceu meu espanto de: “ trocar a fé cristã pela evangélica”:

- "O que a mãe quis dizer: é que trocou a Igreja de Cristo pela de Deus. Era católica, agora é evangélica."

Empenhadíssimo, agradeci a elucidativa explicação, da gentil senhora, que pelo porte, fez-me recordar recuadas épocas em que haviam Senhoras, no trajo e em espírito.

Não finei de riso, como fizeram os da comitiva de Frei Bartolomeu dos Mártires, ao chegarem a terras de Barroso, mas pasmei pela ignorância religiosa que crassa pela nossa terra, e queira Deus que seja apenas religiosa, não vá a ignorância entrar, também, nas universidades, que são as “fábricas” de políticos, porque então não há santa que nos valha.


Acrescentar como Favorito (208) | Refira este artigo no seu site | Visualizações: 1513

Seja o primeiro a comentar este artigo
Coemntários RSS

Só utilizadores registados podem escrever comentários.
Por favor faça o login ou registe-se.

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
Advertisement
Advertisement
Advertisement

Comunicados

António Marinho e Pinto - Mudar Portugal

Ler mais...

Broa de Avintes - não tem asas nem sabe voar

Ler mais...
Please login to Automatic Backlinks and activate this site.
 
| cheap car hire