Todos os países da lusofonia

Galeria Lusófona

Arte Lusófona
Literatura Lusófona
Sabores Lusófonos
Advertisement

Blogs Recomendados

Alto Hama
Pululu
Malambas

Legado Português

Portugal no Mundo
Brasil 500 anos

Empresas Destaque

Horas Lusófonas

Advertisement

sonhar

PDF Imprimir e-mail
Os sonhos não morrem
apenas corre atrás de nossas vidas
sugando nossa vontade de abdica-los
como mel é sugado por abelhas.
Como o pão em fatias
lentamente...
sentindo o sabor do trigo
em cenas obisquas.
A lua por testemunha
dorme, a espera do sol
a deitar em leito vazio
do amor que foi-se.
Deito em grama verde
a espera de você
olhando o claro vulto
que caminha no céu.
Tento pensar
mas o frio penetra-me a alma
esperando sua chegada
meu trajeto será conduzido
com flores branças.
Apenas penso:
e pergunto o porque de tudo
nunca mal te fiz,
Porque?
 
 
Ltslima.
 

Acrescentar como Favorito (147) | Refira este artigo no seu site | Visualizações: 2272

Seja o primeiro a comentar este artigo
Coemntários RSS

Só utilizadores registados podem escrever comentários.
Por favor faça o login ou registe-se.

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
Advertisement
Advertisement
Advertisement

Comunicados

António Marinho e Pinto - Mudar Portugal

Ler mais...

Broa de Avintes - não tem asas nem sabe voar

Ler mais...
Please login to Automatic Backlinks and activate this site.
 
| cheap car hire