EMBAIXADORES DA MORTE

Não viram por aí,
não viram por aí ?
Os senhores da capa negra
que não pensam senão em si.

Não viram já passar,
não viram já passar ?
Os senhores da capa negra
que só pensam em matar...

Os embaixadores da morte,
os embaixadores da morte,
sem olhos, sem mãos e sem norte !
Sem olhos, sem mãos e sem norte !

Não viram por aí,
não viram por aí ?
Os senhores da luva negra
que só vivem para si.

Não viram já roubar,
não viram já roubar ?
Os senhores da luva negra
que só vivem p'ra lucrar...

Não viram por aí,
não viram por aí ?
Os senhores da alma negra
que só sentem para si.

Não viram já arder,
não viram já arder ?
Os senhores da alma negra
que só sentem ao morrer...

Não viram por aí,
não viram por aí ?
Os senhores da mente rasa
que não vêem um 'til' de nada.

Não viram já acabar,
não viram já acabar ?
Os senhores da mente rasa
cuja vida é contestar...

Os embaixadores da morte,
os embaixadores da morte,
sem olhos, sem mãos e sem norte !
Sem olhos, sem mãos e sem norte !