VERÃO QUENTE

Se ao poder que impera
uma fúria resiste,
se a chegada é espera
de um amigo que existe...

Se uma boca se abre
e uma chama se acende
é a razão da Verdade
que o homem pretende.

Vamos, amigos,
quebrar mil vidraças,
saciar de paz
a fome das raças :
olhar sempre em frente,
sem medo de dar a mão
à Liberdade !

Alertar é urgência
pra quem é instalado,
expulsar a inocência
de quem está parado.

Informar se pretende
a quem se'stá a 'squecer
de que existe no mundo
uma vida a viver !

Vamos, amigos,
quebrar mil vidraças,
saciarf de paz
a fome das raças :
olhar sempre em frente,
sem medo de dar a mão
à Liberdade !