PODEM PENSAR QUE EU MORRO

Se eu canto a paz na terra,
se eu canto a paz na terra,
virão os senhores da guerra
para me matar ...

Se eu canto o pão mendigo,
se eu canto o pão mendigo,
virão os senhores do trigo
para me ceifar ...

Podem pensar que eu morro,
podem pensar que eu morro,
mas a voz da verdade
ninguém a pode matar !

Se eu canto amor fraterno,
se eu canto amor fraterno,
virão os senhores do inferno
para me queimar ...

Se eu canto a Liberdade,
se eu canto a Liberdade,
virão os senhores da grade
para me encerrar.

Podem pensar que eu morro,
podem pensar que eu morro,
mas a voz da verdade
ninguém a pode matar !