Clara Pinto Correia:
A História e as histórias que nos interessam

Clara Pinto Correia
"...de que chão, de que horizontes, vieste tu feiticeira?"

1998
A Clara não está cá agora. Está nos EUA a desenvolver a investigação para o livro "Our last taboo: a History of Infertility", como " Research Associate" do célebre Prof. Stephen Jay Gould no Museum of Comparative Zoology da Harvard University.
Nós (lusófonos, anglófonos, francófonos, etc) aguardamos com curiosidade estes resultados. A Clara trabalha perto de nós e das nossas necessidades. É como se para fazer viver ou fazer jornalismo científico fosse necessário alterar a vida ou fabricar a notícia. A Clara actua em todas vertentes da mudança.
"... de que deserto de morte vieste tu feiticeira inundar-me de vida?"

É também "Adjunt Professor" no Department of Veterinary and Animal Sciences da University Massachusetts at Amherst, leccionando "História da Reprodução Animal".
"... de que sonho feito mar ou de que mar não sonhado vieste tu feiticeira aninhar-te ao meu lado?"

Quando a Clara cá está faz muitas coisas. Entre outras funções e ocupações é Professora da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, Directora da Licenciatura em Biologia, Directora do Curso de Pós-Graduação em Biologia do Desenvolvimento, Vice-Reitora do programa de Pós-Graduações e Mestrados.
Nós (Colegas Professores) admiramos o dinamismo e a capacidade de vencer a inércia da Clara.

1985-1997
Leccionou várias disciplinas como assistente na Faculdade de Medicina de Lisboa, como Professora Convidada no Instituto Superior de Agronomia e no Instituto de Reprodução Animal, foi ainda Docente na Univ. Lusófona de Humanidades e Tecnologia, tendo ministrado vários Seminários, participado em Conferências sobre a História das Ciências e Biologia do Desenvolvimento, publicado vários artigos nas melhores revistas científicas em que tem apresentado os inúmeros trabalhos de investigação em que tem estado envolvida.
Nós (Alunos e investigadores) apreciamos as aulas da Clara e orgulhamo-nos de a ter como Professora, Tutora ou Mentora.
"... de que fogo renascido ou de que lume apagado vieste tu feiticeira segredar-me ao ouvido?"

1983-1998
A partir dos 23 anos publica inúmeras obras literárias, desde livros para adolescentes a romances, ficção e livros de esclarecimento científico (ver obras publicadas) sendo actualmente uma escritora de renome cujos livros foram objecto de várias edições e prémios.
É também relevante e responsável sobre o seu mediatismo junto do público em geral o continuado trabalho da Clara, como jornalista comentadora, em vários jornais e revistas e ainda na televisão, quer como entrevistadora pioneira quer como divulgadora na área do jornalismo científico.
Nós (lusófonos, anglófonos, germanófilos, etc) gostamos de ler os livros que a Clara escreve e admiramos a sua capacidade criativa e de análise.
...de que fontes, de que mágoas, vieste tu feiticeira?

1985-1995
Inicia a carreira de investigação como Doutoranda no Laboratório de Biologia Celular do Instituto Gulbenkian de Ciência, é "Visiting Scientist" na State University of New York at Buffalo (EUA), com apenas 31 anos de idade obtem o Doutoramento em Biologia Celular pelo Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (1992), continua nos EUA como "Visiting Scientist" na University of Massachusetts, "Postdoctoral Fellow", "Research Scholar" em Harvard University. O seu trabalho e refelexões sobre a Biologia do Desenvolvimento e a História das Ciências é publicado em vários livros (link - obras publicadas).
Nós (cientistas lusófonos) orgulhamo-nos de que a Clara seja um de nós e transporte uma imagem tão positiva de nós para outras fronteiras.
... de que sedes, de que montes, vieste tu feiticeira?

1982-1996
O domínio de vários idiomas (Francês, Inglês, Espanhol, Italiano, Latim e Alemão) permitiram-lhe efectuar várias traduções de livros.
Nós (portugueses) que tanto gostamos de presumir com a nossa capacidade linguística identificamo-nos com este exemplar genuíno desta nossa habilidade que é a Clara.
...de que névoas de que fráguas, vieste tu feiticeira?

1970-1984
Frequenta o Liceu Francês Charles Lepierre e posteriormente o Liceu Rainha D. Leonor, tendo sido sempre excelente aluna. Faz a Licenciatura em Biologia na Faculdade de Ciências de Lisboa.
Nós (estudantes) ficamos inspirados com a colega Clara.
...de que chão, de que horizonte, vieste tu feiticeira?

1960
A 30 de Janeiro nasce em Lisboa Maria Clara Amado Pinto Correia. Teria mais três irmãs todas com carreiras de muito sucesso e também bastante mediáticas.
Nós (Mulheres) ganhamos coragem com o valor das outras mulheres.
... de que noite demorada, ou de que breve manhã, vieste tu feiticeira?





Obra Publicada


Obras Literárias

1983 - Anda uma mãe a criar filhas para isto! Ed. Regra do Jogo.
1984 - Agrião! 4 ed. Ed. Relógio d'Água
1985 - Um esquema, 2 ed. Ed. Rolim
1985 - Adeus, princesa, 8 ed. Ed. Relógio d'Água/Circulo de Leitores. Tradução alemã 1995
1985 - Não podemos obrigá-los a amarem-se. Ed Relogio d'Água.
1986 - O sapo Francisquinho, 2 ed. Ed. Contexto/ Circulo de Leitores.
1986 - E se tivesse a bondade de me dizer porquê? em co-autoria com Mário de Carvalho.2 ed. Ed. Rolim/Relógio d'Água.
1987 - O essencial sobre os bébés-proveta. Ed.Imprensa Nacional
1987 - O príncipe imperfeito. Ed. Rolim.
1987 - Campos de morangos para sempre. Ed. Rolim.
1988 - Histórias Naturais, 2 ed. Ed. O Jornal/ D. Quixote.
1988 - Um sinal dos tempos. Ed. Relogio d'Água
1989 - Canções das crianças mortas. Ed. Relogio d'Água
1990 - Ponto pé de flor, 7 ed. Ed. D. Quixote/ Circulo de Leitores. Tradução holandesa, 1991. Tradução alemã, 1995.
1990 - Portugal Animal. Ed. D. Quixote/ Circulo de Leitores
1991 - Vitória, Vitória. Ed. D. Quixote
1992 - The big easy, 4 ed. Ed. D. Quixote
1992 - Irmãos Castanheira. Ed. D. Quixote. Série de 4 livros para adolescentes:
1 - Quem tem medo compra um cão
2 - A canção dos dinossauros
3 - A minha alma está parva
4 - A mulher gorda
1993 - A ilha dos pássaros doidos. Ed. Relógio d`Agua/Biblionef.
1993 - No pó da bagagem, 2 ed. Ed. Quetzal
1994 - Domingo de Ramos. Ed. D. Quixote/Circulo de Leitores
1994 - Os quatro rios do paraíso. Ed. D. Quixote
1995 - A música das esferas, Ed. relógio d`Agua
1996 - Mais marés que marinheiros. Ed. Relógio d`Agua
1997 - A deriva dos continentes. Ed. Relógio d`Agua
1997 - Clonai e multiplicai-vos, 4 ed. Ed. Texto Editora
1997- Mais que perfeito. Ed. Relógio d`Agua.

Obras Científicas

1997 - The Ovary of Eve/Sperm & Egg & Performation. Ed. The University of Chicago Press
1998 - O mistério dos mistérios: uma breve história das teorias da reprodução animal. Ed. Relógio d`Agua

Ana Pintão





homeVoltar à página principal | Voltar à Literatura Lusófona

Portugal em Linha - O Ponto de Encontro da Lusofonia