Todos os países da lusofonia
Advertisement

Sois-vós a minha pedra de tropeço

PDF Imprimir e-mail

Sois-vós a minha pedra de tropeço

 

Sois-vós meu amargo endereço

A quem me endereça o avesso.

Na vida tudo tem o seu preço.

Somente por isto vos agradeço.

 

Tropecei no vosso amor puro

Ao qual só devo e não mereço.

Agora nesta hora amadureço,

E o seguro caindo de maduro.

 

Assegurei o meu velho amor

Em vossa nobreza de valor.

A vilania foi a minha mesa

Enchendo-me de tristeza.

 

Já me perdoei por me amar

Com franqueza da nobreza

De amar o meu caro irmão

Pois, nele fundo o coração.

 

Prosternado aqui no chão

Ao meu Deus peço perdão.

 

Quem se ama, sabeamar o próximo.

 

A taramela

 


Acrescentar como Favorito (538) | Refira este artigo no seu site | Visualizações: 4440

Seja o primeiro a comentar este artigo
Coemntários RSS

Só utilizadores registados podem escrever comentários.
Por favor faça o login ou registe-se.

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
Advertisement

Investir em Portugal Investimentos em Portugal
Aconselhamento e apoio ao investimento estrangeiro em Portugal



 
| cheap car hire